Marido Procura-se

Um dia, a solidão de uma viúva de 70 anos a fez colocar um anúncio no jornal local que queria se casar de novo.O anuncio dizia:

“Procuro marido! Deve ser da minha idade, não pode bater-me, não deve andar por aí na vadiagem e ainda tem de ser bom na cama. Todos os candidatos, por favor, se inscrevam pessoalmente. ”

No dia seguinte, a campainha tocou, e quando ela abriu a porta, viu um cavalheiro de cabelos grisalhos em uma cadeira de rodas, sem pernas nem braços.

Ela disse:

“Você não está realmente me pedindo para considerá-lo, está? Apenas olhe para você – você não tem pernas! ”


O velho sorriu gentilmente e respondeu: “Portanto, eu não posso andar a vadiar ou fugir de voce!”

A velha senhora, ainda objectiva, disse:

“Você também não tem braços”

Isso fez o velho sorrir novamente: “Portanto, eu nunca posso bater-lhe!”

Antes da próxima pergunta, a velha levantou a sobrancelha e perguntou: “Você ainda é bom na cama?”

O velho encostou-se e, com um sorriso malandro no rosto, disse: “Toquei a campainha, não toquei?”