'Amo sua alma e não sua aparência', diz noivo de ex-modelo com 65% do corpo queimado

025ad860-3d0f-11e5-a9b0-71333846011d_modelo
Há quatro anos a ex-modelo Turia Pitt, hoje com 28 anos, passou pelos piores momentos de sua vida. Durante um incêndio florestal, ela teve 65% do corpo queimado e já passou, desde então, por mais de 200 cirurgias e teve quatro dedos das mãos amputados. Mas o amor fez ela superar a situação.

Durante todo o processo de recuperação, seu namorado de longa data, Michael Hoskin, esteve ao lado da modelo. E, após a estabilização da saúde de Turia, ele resolveu surpreendê-la de vez ao fazer um pedido de casamento que recuperou totalmente a autoestima da namorada.

Viajando para as Maldivas durante um feriado, Michael ofereceu para Turia um lindo anel de diamante que comprou quando ela ainda estava internada — prova de amor e de que ele nunca pensou em abandoná-la. Desde então, ela se diz uma pessoa recuperada, apesar dos evidentes problemas de aparência.

Em um programa de televisão da CNN, uma das maiores redes dos Estados Unidos, o casal — que é australiano — foi questionado sobre as dificuldades do período. O apresentador, então, perguntou se Michael pensou em deixar Turia em algum momento.

“Eu casei com a alma dela, com o caráter dela e é a única mulher que continua a encher meus olhos”, respondeu Michael, arrancando lágrimas de sua amada.