Estudo revela o espanhol como a língua da felicidade!

Um massivo estudo do departamento de história computacional da Universidade de Vermont revelou, entre outras coisas, que o espanhol – castelhano – é a língua da felicidade!
http://sd.keepcalm-o-matic.co.uk/i/mant%C3%A9n-la-calma-y-aprende-espa%C3%B1ol.png

O estudo detectou 100 mil das palavras mais utilizadas, dividindo-se a pesquisa entre o twitter, a televisão, as letras de músicas, o New York Times e títulos de filmes, nas 10 línguas mais populares do mundo, chegando à conclusão que o ser humano prefere expressões de satisfação e positividade às de tristeza e cinismo (um bom estudo para fornecer aos media tradicionais, cuja agenda e filtro mediáticos preferem o negativo).
http://senoralee.edublogs.org/files/2014/07/Spanish-2aji1rx.gif

Peter Sheridan Dodds liderou esta investigação que, de seguida, escalou os nativos de cada língua do ponto de vista emocional, de 1 a 9, com o nove a corresponder ao mais positivo ou feliz e o cinco a ser neutral.

Nas 10 línguas analisadas, o ponto comum é a maior positividade nas expressões, mas entre elas a que mais se destaca é o espanhol, adiante do português do Brasil, do inglês e do indonésio.

Naturalmente, Dodds explica no comunicado de imprensa que acompanhou a apresentação do estudo que esta análise apenas toca a superfície da trajectória emocional de uma língua, contudo acredita que este estudo poderá alavancar próximas investigações que aprofundem esta tão importante temática.

O resultado da investigação baseia-se em cinco milhões de reacções humanas individuais e abre caminho para o desenvolvimento de ferramentas linguísticas para medir as emoções, adiantam na publicação científica que saiu no Proceedings of the National Academy Sciences.

Mais importante, realçam, é que a evolução linguística, das palavras, realizou-se no sentido de favorecer a coesão social e diminuiu o repertório de negatividade.

Assim sendo, aprenda espanhol e que seja feliz!