Está a pensar em oferecer brinquedos este Natal? Então veja este alerta da DECO!

Com o aproximar do Natal, muitos pais e familiares procuram os brinquedos que as suas crianças pedem ao “Pai Natal”. Mas, serão todos estes brinquedos seguros?

A Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (Deco) está a avisar para o perigo que constituem alguns bonecos eletrónicos que existem no mercado, como é o caso do My friend Cayla e I-Que. Estes brinquedos operam através de ligação à internet, possuem microfones incorporados e tecnologias de reconhecimento de fala, permitindo-lhes “conversar” com as crianças que com eles brincam. A Deco avisa: as crianças, ao interagirem com estes brinquedos, poderão partilhar informações pessoais, ou seja, dados que são confidenciais.

“Os resultados provam infrações graves aos direitos das crianças, nomeadamente no que respeita à privacidade dos dados pessoais”, garante o Conselho de Consumidores Norueguês. Com base neste estudo, as organizações norte-americanas e europeias de consumidores (nomeadamente a DECO) estão a denunciar as suas preocupações às autoridades competentes.

Em Portugal, os brinquedos My friend Cayla e I-Que não se encontram à venda em lojas físicas, mas estão acessíveis através de plataformas online como a Amazon ou Ebay.