Coisas que deve manter em segredo, segundo os sábios orientais

Os povos antigos eram dotados de uma sabedoria incomparável.

Muitas de suas descobertas e ensinamentos sobreviveram até os dias de hoje – e isso não é por acaso.

Os sábios orientais, por exemplo, deixaram muitos ensinamentos que se mantêm atualizados até os dias atuais

E vamos compartilhar com você alguns desses ensinamentos do mundo oriental:

1. Nunca revele o que você está planejando para o seu futuro

  • Comentar o que pretende fazer no futuro pode resultar numa grande frustração: desistência.
  • As pessoas podem ser bastante negativas e levar você a desacreditar no seu sonho.
  • Mantenha segredo entre você e Deus.
  • Quando tudo já estiver bem encaminhado, comemore com quem ama.

2. Não compartilhe com os outros sobre as limitações de seu corpo

  • Sabe quando você tem dores, cansaço ou enfrenta dificuldades para realizar algumas atividades?
  • Se possível, não compartilhe isso com todo mundo.
  • O corpo é algo muito pessoal e você deve aprender a ser forte e conviver com ele sem lamentações.

3. Não se vanglorie de seus atos mais caridosos

  • Se você ajuda alguém, deve fazer por amor e não para se vangloriar.
  • O ego pode estimular essa atitude horrível, mas fuja ao máximo da arrogância.
  • Além de se colocar numa situação bem complicad, você também pode deixar outras pessoas constrangidas e humilhadas.

4. Evite se gabar da sua coragem e do seu valor

  • Quando alguém é digno de admiração, as pessoas reconhecem facilmente, não é preciso você se gabar.
  • O máximo que vai conseguir se autopromovendo são críticas e uma imagem nada positiva.

5. Não desperdice seu tempo falando mal dos outros

  • Quando falamos mal dos outros, estamos revelando muito mais sobre nós do que sobre quem reclamamos.
  • Além disso, o ambiente fica pesado e a mente cheia de pensamentos ruins.

6. Não diga todos os problemas que sofre em sua vida pessoal

  • Há quem sai divulgando, até nas redes sociais, os problemas que vem enfrentando.
  • Lembre-se de que é muito importante se preservar.
  • Quando falamos demais, corremos o risco de revelar segredos ou de ficarmos muito vulneráveis diante de quem nos ouve.