Atenção! Nunca compre estes produtos em lojas baratas!

É quase certo que muitos de nós já fizemos grandes compras naquelas lojas a que se costuma chamar “lojas dos chineses” ou “lojas dos trezentos”.

Na realidade existem lá produtos tão baratos que nem as pessoas que vivem mais desafogadas resistem a fazer-lhes uma visita de vez em quando, à procura das verdadeiras pechinchas. No entanto, um estudo conduzido pela Campaign for Healthier Solutions e pela organização norte-americana Healthy Stuff, que investiga a existência de substâncias químicas e tóxicas nos produtos do dia-a-dia, concluiu que, em alguns casos, o melhor mesmo é deixar os produtos destas lojas nas prateleiras, por mais baratos que sejam.

Veja:

Produtos de plástico para uso doméstico: evite comprar cortinas e tapetes para a banheira neste tipo de lojas, por exemplo. O estudo concluiu que a maioria destes produtos são feitos a partir de plásticos nocivos e tóxicos. Segundo a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Cancro (IARC), nos EUA, alguns destes plásticos são até cancerígenos

Materiais eletrónicos: fique longe dos materiais elétricos que se vendem neste tipo de lojas. Corre o risco de provocar um incêndio em casa. Apesar de serem baratos, muitos deles são inseguros e têm até falsas etiquetas a indicar segurança. Os carregadores de telemóvel baratos e as baterias são dois dos produtos que deve mesmo evitar



Comida: se quer evitar os supermercados, opte antes por uma mercearia tradicional. Nas lojas demasiado baratas nunca se sabe quando poderá estar a pôr em risco a sua saúde, uma vez que os alimentos podem já estar à venda há demasiado tempo. “Não compre comida. Não sabemos de onde vem, o que há nela, não sabemos a marca ou se é fresca. Eu evito essa comida”, explicou Trae Bodge, especialista em compras, ao site ‘PIX11 News’

Brinquedos e jóias para crianças: partem-se facilmente e podem colocar as crianças em risco de asfixia. Além disso, muitos contêm produtos químicos prejudiciais e toxinas